Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Bem vindo ao Nortão News, Juara 12 de Dezembro de 2017
Quem Somos   I   Contato
  INÍCIO  
  NOTÍCIAS  
  EVENTOS  
  VÍDEOS  
  ARTIGOS  
  FAVORITOS  
 ARTIGO
26 de Fevereiro, 2016 - 23:57
  Alexandre Slivnik

   Metas, planejamento e um excelente atendimento: tudo o que um empresário necessita saber para sobreviver em 2016
     

O Brasil sofre, atualmente, de uma contínua série de deterioração de indicadores – sem sinais de melhorias próximas ou, se quer, sustentáveis. Esse, é o cenário que fecha 2015, um ano marcado por uma das maiores crises (econômica, política e financeira) que o país já passou, ou melhor, sofreu.  Bancos, governo, especulações, alta do dólar... não faltam elementos chaves que desencadearam muitos problemas, tanto para trabalhadores como empresários.

Entretanto, há duas opções para este tipo de problema: apontar culpados, o que não adianta, e esperar um pacote de medidas do governo, de fato, efetiva... algo que também não podemos contar. Ou, a mais fácil e que só depende de você: mudar, reciclar, se reinventar, rever planos e metas para sobreviver em 2016.

Vamos analisar um caso em particular.  Um empresário teve que rever vários pontos para salvar uma marca de roupa que criou, baseado apenas na sua habilidade de produzir peças de vestuário. Achou que isso bastasse para realizar o sonho de abrir o seu próprio negócio. Contraiu empréstimo, abriu várias lojas, mas o talento que ele carregava desde a infância não foi o suficiente para saldar os custos de contas acumuladas, que ultrapassava a casa dos R$600 mil. Resultado: para não quebrar totalmente, fechou as demais unidades e além de tudo isso, diante da crise de 2015, teve que lidar com a brusca diminuição do consumo, demanda franca e um patamar significativo de estoque. 

Depois do susto, viu que era necessário estudar, desenvolver um plano de negócio e ficar atento ao mercado. Fez também melhorias nas vitrines, treinou equipe de vendas com foco na qualidade do atendimento ao cliente.  Também investiu em treinamento e consultorias, enquanto a maioria dos empresários, infelizmente, ainda puxa o freio diante da crise. Um erro ainda mais fatal. Mais do que vender ainda mais roupas do que antes, os colaboradores passaram a encantar os clientes e tornar aquela experiência única.

Com certeza este empresário sabia que deveria passar por todo este processo. As pessoas sabem o que precisam fazer, mas não o fazem. Não importa quanto saibam os seus objetivos, nada vai acontecer se não partir exatamente para a ação na busca da excelência ou de uma solução (e logo !!)

Será que ele continua culpando a sorte? O governo? A alta do dólar? A conta de luz? Não, ele entendeu que era preciso se reinventar para mudar a forma com que vinha conduzindo a sua marca.

As pessoas que alcançam o sucesso e atingem seus objetivos possuem pelo menos dez características positivas: motivação, foco, iniciativa, inteligência emocional, ética, comprometimento, resiliência, criatividade, persistência e busca constante por autodesenvolvimento.  O profissional, ou empreendedor, com esses atributos fazem a diferença. 

Para o ano que já está ai, lanço um desafio: tome as rédeas de sua carreira, de sua vida ou de seu empreendimento, e dê a direção que lhe interessa.  Só assim, você vai revolucionar o modo como as coisas são feitas. Busque novas soluções para problemas antigos, faça as coisas diferentes e, assim, será possível se destacar na multidão e tirar uma bela lição de 2015. 

Separei algumas dicas que vão ajudar a você a se planejar ou a rever alguns pontos para 2016.

1. Pense sobre o ano que passou

Faça uma análise geral sobre a situação da empresa, veja como o mercado e o consumidor estão se comportando frente ao seu produto. Com essas informações em mãos, é possível se antecipar frente a períodos de instabilidade. 

2. Trace metas realistas

Definir metas para 90 dias. Assim, é possível mensurar e fazer um melhor acompanhamento, corrigindo também possíveis erros. Considere também neste processo, gestor, colaboradores, pares, fornecedores e clientes para definir como será a gestão destas metas. Uma meta influencia outras ações, comportamentos e contexto, desenvolver a visão sistêmica da sua influência torna o processo sustentável

3. Invista em treinamento e qualidade

Aos empresários que pensam que estão atrasados para o treinamento de sua equipe um conselho: “Sempre dá tempo! Surpreenda seus clientes, entenda suas necessidades, crie uma conexão emocional com eles. Faça com que seus clientes internos vistam a camisa da sua empresa e que eles superem as expectativas dos clientes externos. Não precisa investir muito, basta tentar prever os problemas e solucioná-los antes que aconteçam e, muito importante, é necessário ter sempre atitudes positivas”

4. Cultura Forte

Uma organização, com missão definida, que cria processos condizentes com ela, ganha credibilidade com o seu time, pois terá mais do que um discurso, terá ações reais que provam o que fala e será  respeitada não só pelos clientes internos, como também pelos clientes externos.

* O NortãoNews não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Artigos
18/05/2016
26/02/2016
01/12/2015
20/11/2015
30/06/2015
02/02/2015
21/04/2014
09/02/2014
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
 Enquete
Oque você cidadão pensa sobre a CPI criada pela Câmara ?
Foi necessária sua Criação.
A CPÍ só atrapalha o município e seus municípes.
Foi formada apos solicitação do MP.
Não existe nada de errado aparentemente na gestão Luciane Bezerra para uma CPI

 Artigos
  INÍCIO  
 
  NOTÍCIAS  
 
  EVENTOS  
 
  VÍDEOS  
 
  ARTIGOS  
© 2017 - Todos direitos reservados