Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Bem vindo ao Nortão News, Juara 20 de Outubro de 2017
Quem Somos   I   Contato
  INÍCIO  
  NOTÍCIAS  
  EVENTOS  
  VÍDEOS  
  ARTIGOS  
  FAVORITOS  
 Investimento no Ensino
7 de Outubro, 2017 - 18:08
Governo Pedro Taques concede 44% de aumento aos profissionais da educação em dois anos e meio
     

 Num momento em que o Brasil atravessa a pior crise econômica de sua história republicana, os trabalhadores do ensino público de Mato Grosso passam a figurar entre os que possuem melhor remuneração, no país. O secretário de Estado de Educação, Marco Aurélio Marrafon, explica que a política administrativa da gestão do governador José Pedro Taques (PSDB) priorizou o servidor, principalmente aqueles que atuam em área fim.


 E Marrafon assegura que é por decisão de Pedro Taques que os salários dos profissionais da educação básica de Mato Grosso tiveram, de janeiro de 2015 até setembro deste ano, uma valorização acumulada de 44,39%. Estão inclusos ganhos reais de progressões de carreira e a  Revisão Geral Anual (RGA).

Leia mais:

- Despesa de pessoal e déficit previdenciário de Mato Grosso preocupam equipe de Temer e Bird

 

- Equipe econômica acata emendas à PEC do Teto e orienta deputados para não mudar o “cerne”

Nos últimos dois anos e meio, professores e servidores administrativos receberam aumentos reais dos salários e valores referentes à Revisão Geral Anual (RGA), de modo que, até o 9º mês de 2017, o ganho real será de 23,24%. Na prática, isto significa conquista salarial acima da inflação (INPC) acumulada desde janeiro de 2015.

 Com todos os aumentos concedidos e os que ainda serão pagos nos próximos meses, um professor da rede estadual, graduado e em início de carreira, que ganhava R$ 2.608,90 em janeiro de 2015, passou a receber R$ 3.766,94 desde 1 de setembro.

 

Marco Marrafon observou que, com todos esses aumentos, os servidore sda educação têm hoje um dos maiores salários do país.

 

“Desde o início do seu mandato, o governador Pedro Taques vem demonstrando que a Educação é uma de suas prioridades - com investimentos em estrutura escolar e na valorização dos profissionais. Tudo isso só aumenta a nossa responsabilidade, pois temos que traduzir esses números em melhoria efetiva do aprendizado nas salas de aula”, argumentou Marrafon.

 

Aumento no poder de compra

Dos cerca de 100 mil servidores estaduais, quase 40 mil são da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc).

 No primeiro ano da atual gestão, o Governo Pedro Taques concedeu reajuste salarial de 12,6%, montante que subiu para 22,9% em 2016.

 No último mês de maio, a Seduc consolidou que os salários seriam reajustados em 7,69%. O benefício, que tem como objetivo aumentar o poder de compra do servidor, estendeu-se a todos os profissionais da educação básica, efetivos e contratados.

 Além disso, mesmo diante da crise econômica que afeta todo o país, o Poder Executivo firmou o compromisso de terminar o pagamento dos 11,28% da RGA de 2016 até setembro e honrou, com todos os servidores públicos estaduais. As duas últimas parcelas da revisão, de 1,74% e 1,708%, foram quitadas em junho e setembro, respectivamente.

Fonte: O.D
* O NortãoNews não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Notícias
20/10/2017
19/10/2017
18/10/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
 Enquete

 Artigos
  INÍCIO  
 
  NOTÍCIAS  
 
  EVENTOS  
 
  VÍDEOS  
 
  ARTIGOS  
 
  FAVORITOS  
© 2017 - Todos direitos reservados