Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Bem vindo ao Nortão News, Juara 10 de Dezembro de 2018
Quem Somos   I   Contato
  INÍCIO  
  NOTÍCIAS  
  EVENTOS  
  VÍDEOS  
  ARTIGOS  
  FAVORITOS  
 Milho.
30 de Novembro, 2018 - 14:01
Milho: Sexta-feira começa com leves altas de preços na Bolsa de Chicago após dia de estabilidade
     

 Os valores do milho futuro negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram nas vésperas do final de semana e do mês (30) registrando leve alta. As principais posições apontam valorização entre 0,25 e 1,75 pontos . O vencimento de dezembro/18 era cotado a US$ 3,62 por bushel e março/19 apontava US$ 3,73 por bushel.


Após terminar a quinta-feira muito próximas da estabilidade, as cotações retomam o viés de alta por influência dos números apresentados pelo relatório de vendas semanais para exportação do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) que apontou um montante de 1,27 milhões de toneladas até o dia 22 de novembro, valor 44% maior do que a semana anterior e 77% acima da média para as últimas quatro semanas.


O índice das vendas americanas ficaram acima da expectativa divulgada pelo USDA que era algo entre 400 mil e 950 mil toneladas e também do que esperavam os analistas de mercado, que estavam pessimistas quanto ao número, estimando resultado abaixo da própria meta do órgão.


Confira como fechou o mercado na última quinta-feira:


Milho: Cotações retomam estabilidade na bolsa de Chicago nesta quinta-feira após maior alta da semana na 4º feira


Após atingir a maior alta da semana na última quarta-feira, os preços do milho na bolsa de Chicago (CBOT) fecharam o dia próximos da estabilidade. Nesta quinta-feira (29) os índices registrados foram de alta 0,25% e 0,50% por volta das 17h19 (horário de Brasília). O vencimento dezembro/18 era cotado a US$ 3,61 por bushel e o março/19 trabalhava a US$ 3,73 por bushel.


A estabilidade já era esperada devido à proximidade do encontro entre os presidentes da China e Estados Unidos na reunião de cúpula do G20 que acontece em Buenos Aires neste final de semana.


Mercado Interno


A quinta-feira registrou instabilidade nos preços do milho em algumas praças brasileiras. Segundo levantamento da equipe do Notícias Agrícolas, a variação foi positiva em 4% na cidade de São Gabriel do Oeste (MS) com a saca valendo R$ 26,00 e alta de 1,52% em Castro (PR) atingindo preço de R$ 33,50. As praças que registram quedas foram Tangará da Serra (MT) que ficou com o valor da saca em R$ 22,00 com queda de 2,22% e Sorriso (MT) que registrou desvalorização de 7,69% com preço de R$ 18,00.


De acordo com informações divulgadas pelo Valor Econômico, as tenções entre Estados Unidos e China seguem influenciando o mercado interno brasileiro. Porém, a busca por países sem boas relações comerciais com os EUA e grandes importadoras de milho como o Irã, pode ampliar os números das exportações.


Dólar


Após dois dias seguidos de queda, a moeda americana encerrou a quinta-feira em alta de 0,43% e atingiu o valor de 3,8575 reais na venda. Na mínima, a moeda foi a 3,8331 reais e, na máxima, a 3,8745 reais. De acordo com informações da Reuters, o mercado pressionado por cautela com o cenário político após o adiamento da votação da cessão onerosa no Senado e alguma volatilidade pela formação da taxa Ptax de final de mês, no dia seguinte.


 

Fonte: P do A.
* O NortãoNews não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Notícias
10/12/2018
09/12/2018
08/12/2018
07/12/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
 Enquete

 Artigos
  INÍCIO  
 
  NOTÍCIAS  
 
  EVENTOS  
 
  VÍDEOS  
 
  ARTIGOS  
 
  FAVORITOS  
© 2018 - Todos direitos reservados