Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Bem vindo ao Nortão News, Juara 23 de Janeiro de 2021
Quem Somos   I   Contato

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  INÍCIO  
  NOTÍCIAS  
  EVENTOS  
  VÍDEOS  
  ARTIGOS  
  FAVORITOS  
 Milho no Mercado.
7 de Janeiro, 2021 - 14:32
Milho recua com realização de lucros nas bolsas nesta quinta-feira
     

 A quinta-feira (07) começa com os preços futuros do milho caindo na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 0,74% e 1,23% por volta das 09h28 (horário de Brasília).


O vencimento janeiro/21 era cotado à R$ 82,84 com baixa de 0,74%, o março/21 valia R$ 84,15 com perda de 0,82%, o maio/21 era negociado por R$ 80,30 com desvalorização de 1,23% e o julho/21 tinha valor de R$ 74,15 com estabilidade.


Os principais contratos do cereal brasileiro estendem as perdas do último fechamento após acumularem vários dias seguidos de elevações.


Mercado Externo


Os preços internacionais do milho futuro também começaram a quinta-feira recuando na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 2,00 e 3,25 pontos por volta das 09h13 (horário de Brasília).


O vencimento março/21 era cotado à US$ 4,92 com perda de 3,00 pontos, o maio/21 valia US$ 4,92 com baixa de 3,25 pontos, o julho/21 era negociado por US$ 4,90 desvalorização de 3,25 pontos e o setembro/21 tinha valor de US$ 4,53 com queda de 2,00 pontos.


Segundo informações do site internacional Successful Farming, os grãos caíram no comércio da madrugada devido a alguma realização de lucros, depois que os preços atingiram níveis máximos em vários anos


Os futuros do milho atingiram seu maior pico em mais de seis anos ontem, enquanto a soja também atingiu o maior desde 2014 no início desta semana.


“Os investidores provavelmente venderam contratos e liquidaram algumas de suas posições”, afirma o analista Tony Dreibus.


A publicação destaca também que, ainda assim, as perdas foram limitadas por preocupações sobre uma greve de inspetores de grãos na Argentina, que poderia desacelerar as exportações do país sul-americano, e uma greve de produtores de 72 horas marcada para começar na segunda-feira.

Fonte: P do A.
* O NortãoNews não se responsabiliza por comentários postados abaixo!
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Notícias
22/01/2021
21/01/2021
20/01/2021
19/01/2021
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 Enquete

 Artigos
  INÍCIO  
 
  NOTÍCIAS  
 
  EVENTOS  
 
  VÍDEOS  
 
  ARTIGOS  
 
  FAVORITOS  
© 2021 - Todos direitos reservados